24 de junho de 2016

Brexit, e agora?

Ontem foi um dia importante para a história, foi o dia do Referendum onde os cidadãos votaram em relação a permanência ou não do Reino Unido na União Européia. Então vamos explicar direitinho o que está acontecendo em terras da realeza.

David Beckham #Remain
O que é o Brexit e Bremain/ Remain?

Brexit é uma combinação das palavras "Britain" e "Exit". E é um termo usado para descrever uma possível saída do Reino Unido da União Europeia. 

Quando é o referendo sobre a UE e quem pode votar?

O referendo foi realizado na quinta-feira (23 de junho). Puderam votar os cidadãos britânicos maiores de 18 anos (a não ser que tenham vivido fora do Reino Unido durante mais de 15 anos). Algumas celebridades declararam seus votos e mostraram seu apoio:

Remain: David e Victoria Beckham, Patrick Steward, Keira Knightley, Ian McKellen, Benedict Cumberbatch, Stephen Hawking, Simon Cowell, Emma Thompson, Matt Damon, Vivienne Westwood.
Brexit: Michael Caine, Bryan Adams, Joan Collins, Katie Hopkins, Cheryl Baker, Liz Hurley.

Qual foi o resultado do Referendum?

Apesar dos primeiros resultados apontarem para uma vitória do "Remain" (permanência), o resultado inverteu-se, e a vitória foi do Brexit. O resultado final é de 51,9% Brexit e 48,1% Remain.

Quais são os primeiros reflexos?

Já nessa sexta-feira, os mercados internacionais estão agitados, as bolsas asiáticas caíram e a libra a caiu para valores inéditos nos últimos 30 anos. A moeda britânica caiu para o valor mais baixo desde 1985, está abaixo de 1,24 euros.

Mas a maior consequência até agora é o pronunciamento de David Cameron, que anunciou que vai demitir-se do cargo de primeiro-ministro, afirmando que o Reino Unido precisa de uma nova liderança.

A vitória do Brexit pode ainda gerar novos processos de referendo da Escócia e Irlanda do Norte. Enquanto a Inglaterra e o País de Gales votaram a favor da saída, Escócia e Irlanda do Norte votaram por permanecer na UE (União Europeia). O partido norte-irlandês Sinn Féin já reclamou a realização de um referendo parecido com o desta quinta-feira, mas sobre a reunificação da Irlanda.

Liz Hurley #Brexit
Quais são as consequências para a República da Irlanda?

Muitos acreditam que com a oficial saída do Reino Unido da UE, muitas empresas multinacionais que tem sede em London migrariam para Dublin. Mas o impacto mais significativo seria em relação à fronteiras. Hoje, há livre acesso para cidadãos irlandeses ao redor da ilha (Republica da Irlanda e Irlanda do Norte), mas com a saída do Reino Unido da UE essa política de fronteiras teria que ser revista.

O que acontece depois do Brexit?

O Brexit não acontece imediatamente à uma decisão favorável. Haverá pelo menos dois anos de negociações para estabelecer as condições de saída do Reino Unido. Após os dois anos de negociações sobre as modalidades da saída, será necessário negociar as relações entre o Reino Unido e a UE a partir do zero, já que tudo tem de ser revisto e renegociado não apenas internamente, mas também na perspectiva dos acordos vigentes entre o Reino Unido e o resto do mundo, pois todos os acordos comerciais internacionais (pelo menos 52) foram concluídos em nome da Europa.

Donald Tusk (presidente do Conselho Europeu) deixou claro que até à saída formal do Reino Unido, as leis da União Europeia continuam a aplicar-se, garantindo os direitos e obrigações de todos os que vivem na Grã-Bretanha e Irlanda do Norte.  Expulsar os cidadãos europeus que vivem no Reino Unido seria lesivo para a economia, por isso é pouco provável. No entanto, as regras para os recém-chegados provavelmente mudariam.

Poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...